quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Agora estou BEM

Hoje foi embora meu último passe escolar da antiga geração (estilo ticket). Demorou, já que faço pouco uso do transporte coletivo posto que meus deslocamentos, na maioria dos casos, são feitos com bicicleta. Aproveitei a situação fui buscar a nova e moderna carteirinha eletrônica do sistema BEM – Bilhete Eletrônico Municipal.

Logo de cara fico sabendo que, após vários meses desde a solicitação, a carteira não estava pronta. O cadastramento para o novo sistema foi no início do ano, entre fevereiro e março. A promessa era que as carteirinhas estariam disponíveis até agosto, em setembro começou as distribuições. Achei que eles até que estão com um esquema legal para a situação absurda: chegou lá e não tem a carteira pronta, faz na hora. Com quase vinte minutos de espera eis que chega a carteira... COM O NOME ERRADO!

Como esperado, pedi para que concertassem. Entreguei o RG e a carteirinha recém impressa. O mais bizarro foi o que aconteceu depois de uns 3 minutos: me sai uma funcionária, até bonitinha, pra tentar me convencer de que eu deveria aceitar a carteirinha com o nome errado, visto que não era nenhum documento oficial e na sua função prática não haveria nenhum problema aquele falha. Acho que o rostinho da menina me convenceu e eu já tinha me conformado em ter apenas o nome no sistema corrigido.

Porém, no caminho ao balcão aquele azedo de insatisfação e inconformismo subiu até à boca. Mal fui pensando já sai vomitando pra cima da moça:
- Perai, não vou aceitar isso não! Vocês jogam duro pra cima da gente, cobram tanto documento que parece que somos fraudadores em potencial do sistema. Temos que comprovar tudo! Não vou ficar com um documento, seja ele qual for, na carteira com nome errado não. Vocês tinham todos os meus documentos. Não vou pagar por incompetência de vocês (com certeza eu falei mais palavrão do que escrevi aqui).

Ela ainda esboçou um argumento, mas saiu meio que chateada e foi batendo o pé lá pra dentro. Voltou dizendo que precisava de foto recente, porque a minha tava muito diferente. Só disse que eu fazia a barba e cortava o cabelo que ia ficar igualzinho, ainda não sei o pra que ela inventou essa história. Na real acho que quem erra tem de pagar do próprio bolso a carteirinha errada, por isso que ela estava tentando me enrolar.

Finalmente peguei minha carteira com o nome correto, coloquei R$20,00 de crédito (espero que dure um tempo. tenho que pegar minha bike de volta) e escapei de talvez ser conhecido pelos cobradores como Társis Valentim PINHEIRO!

27 comentários:

paulo victor disse...

Estou BEM também. Mas já estive melhor. Ontem experimentei a sensação (outra vez) de ser fraudador potencial do sistema, quando ao registrar minha passagem na catraca, aguardei um pouco mais até a aprovação do cobrador. Com aquela cada de não-tinha-dormido-bem-porque-não-levantou, olhou pra mim e disse que precisava mostrar a carteira. Abri o porta documentos diante dele, sem perceber que havia outros cartões à frente do BEM-escolar. Por sorte estava no ponto da Praça Orlando Leite (do Gil), sem a multidão que é típica do horário e linha (início de noite, para Uesb). Tirei todos os cartões e papeis, apresentei a dita-cuja - sem novamente perceber que apresentei o verso! Corrigi também esse deslize. Um sério Obrigado. que obteve como resposta um disponha! com risinho lateral - de ironia ou não. Não sei mesmo.
Sei quem é a funcionária da AETU, e ela é realmente lindinha; só que o acordado não é caro, considerando também o fator nunca-se-sabe. Já pensou se fosse aquele mesmo cobrador do D40? E se ele pedisse o R.G.?
Quando acabar o fraudador sou eu! Hey hey...

Estamos BEM, hein, meu velho? ;)

Kamilla Sarmento disse...

Isso nunca vai mudar, eles nunca vão estar errados.
A minha veio com 10 anos a mais, tipo, tenho 28 anos? Como assim?! Prefiro andar de bicicleta do que esse tormento todo. rs.
E no final das contas, você deu outra foto?
Funcionária abusada essa viu!? ¬¬
Não sabia que existia esse BEM-escolar em Conquista, o negócio ta ficando moderno hein!
Mas mesmo assim, que enrrola pra liberar essa carteirinha, sem falar que poderia tirar na hora e tu não sabia. HAHAHAHA. coitadinho =x Mas a culpa não é sua, compreendo. =)
Beijoooos!
Vou aparecer sempre aqui =D

Társis Valentim disse...

o texto acabou de ser postado no BLOG DO ANDERSON (http://www.blogdoanderson.com/) um dos sites mais visitados de Vitória da Conquista.

Fernanda disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
AnaB disse...

realmente...
se são tão rigidos em suas cobranças, devem ser cobrados da mesma forma.

Binah disse...

bacaaana o seu dia ;)~ gooostei muito da histoooria!
coontinua escrevendo no bloog rapaz!.. beijo :*

igor moraes disse...

Realmente...
Se formos pensar em todas as muitas irresponsabilidades atuantes em nosso sistema... nem saimos de casa... ou então vivemos isolados em uma bolha!
A proposta feita pela "moça bunita" poderia ser considerada como: você não é vocÊ... Ou talvez:alteração de nome aqui é possível, sem os requisítos mínimos de exigência do nosso Direito Civil.
Enfim... Que bom que ela encontrou um cara argumentativo... questionador... de personalidade forte!
Assim, quem sabe, ela não aprenda uma boa lição: alteração de nome, sem a devida permissão jurídica, é crime. hahahahhaha
Adorei o texto! =D

Anônimo disse...

JÁ PENSOU SE FOSSE TÁRSIS VALENTIM PINTO??
ORA BOLAS...

O B.E.M SE FOR MELHOR QUE PRESTADORA DE TELEFONIA CELULAR GSM, DEVE ATÉ FUNCIONAR.

VALEU TÁRSIS!!
UM ABRAÇO BROTHER.

ULA
EL LOCO DE BRUMAS CITY

Mauricio disse...

As peripécias de Tarsis Valentim em busca de seus direitos. É isso aí, meu irmão!Põe fudeno nessa galera incompetente!O que é nosso é pra ser reivindicado!

Abração!

Rayanna disse...

Exigem tanta burocracia, depois tentam nos enrolar pelos próprios erros. Cômico, não? ahaha.
(com certeza eu falei mais palavrão do que escrevi aqui).
Com certeza. Eu o conheço nervoso, e confirmo.
Adorei, Tatau. Sempre que tiver 'dez minutinhos' venho dar uma olhada na sua rotina :)

Gil Lannes disse...

foda
paciente demais vc
inteligente tbm

Anônimo disse...

Que desgraça!

Sorte da mocinha que esse fato não aconteceu comigo.
Azar dela que aconteceu com você!

Ráá!

Como é que troca um PINCHEMEL? È quase um BAHIA!

Cassio" disse...

Muita gente saiu de lá com o nome errado na carteirinho e ficou por isso mesmo, ela sempre vem com a conversa de consertar o nome no sistema e ficar por isso mesmo, mas pela primeira vez eu vejo alguem conseguir consertar o nome na carteira, provavelmente as outras pessoas não tiveram a mesma coragem e disposição que vc, essa é uma atitude que deveria ser repetida por todos. Não sei qual seria minha reação se isso acontecer comigo, eu espero que a reação seja pelo menos semelhante.

MOnny disse...

Muito bem Primo.. Isso realmente acontece em varios lugares, eles te recebem cheios de burócracia e depois quando erram querem passar a mão na cabeça e fazem de conta que está tudo bem.. Você agiu certo, pois não é obrigado a aceitar o erro dos outros, ainda mais compromentendo o seu nome kkkkkk.. Bju plimão.

Ellen Lapa disse...

Ônibus cheios, velhos, quebram toda hora, motoristas que acreditam que quebra-molas são rampas de decolagem e você ainda é tratado como marginal por utilizar uma carteirinha... BEM vindo ao transporte público de Conquista!

*E ainda tem a coisa toda de ter que esperar num sei quanto tempo pra passar a carteirinha novamente, ÓTIMO, pra quem precisa pegar 2 ônibus.

vanessa disse...

poora vey adorei ki bom ki vc naum se deixou levar pela loirinha e exigiu seus direitos como todos devem fazer...ah muitos se deixariam levar por uma loirinha e iria continuar com o nome errado soh pra naum contrariar a moça...aff
eh idea mas vlw
bjus társis valentim PINHEIRO
RSRSRSRSSRS

André Ávila disse...

Feche essa porra de Blog.
Não vai te levar a merda nenhuma.

wille disse...

e aí, Tarsis

tô feliz por vc ter retornado ao blog

já tá no meu agregador de RSS

abçs,

thamara/ disse...

ainda bem que eu não preciso usar nada disso.
/gg

Luan Eliseu disse...

Semana passada eu fui tirar a minha tbm, eu tava precisando pq num tinha como eu comprar mais passes na mãos dos meus colegas na escola pq todo mundo tava com essa maldita carteirinha rsrs, dae fui lá, mas precisava de RG e eu tinha perdido minha Carteira de Identidade (Em Janeiro) kkkkkk, dae fui Tirar uma segunda via, mas precisava primeiro registrar queixa da outra carteira que eu havia perdido, aí fui lá, mas eu tinha que estar acompanhado de um responsável maior de idade. Daí até agora naum fui lá! ( Preguiça da P*##@) hAHahHAha, meu irmão vai fazer essa tal de BEM, pra eu usar a dele. será que tem algum problema ? Vamo Vêr....

Aline disse...

Pode ter o sistema mais moderno que for, mas tá difícil a gente ficar livre da velha burocracia. :/
Se valesse a pena e a gente tivesse pelo menos um serviço de qualidade ainda ia, mas nem isso...

Saulo disse...

O sistema de transporte público (?) aqui em vca é intragável, isso é fato!

O que mais me irrita é a existência de apenas um ponto para a recarga dos cartões, já perdi as contas de qts vezes fiquei 1h ou mais naquelas filas. Um ponto apenas de recarga, como no máximo 3 guichês funcionando! Lamentável.

Blog legal, nanã.

Bárbara Babriella disse...

Bom eu ainda uso o passe,espero que quando eu for buscar o meu BEM,ñ dê de cara com um problema desse,é um absurdo isso,espero que eu esteja em um bom dia, e que o funcionário seja até bonitinho.. quem sabe ai eu economizo nos palavrões.
Valeu Társis Valentim Pinheiro... ops Pinchamel.. hehh

fernanda disse...

bom eu nao possuo passe,mas conheço pessoas q o possuem...e realmente quase toda vez q o assunto é "comprar ou recarregar o BEM,é um dilema,pq quase sempre vou com meu namorado la´.e ai as pessoas reclamam do atendimento ou de algo ajguma carteira q saiu com nome errado rsrsr,ja dei muita risada,mas vejo q é irritante...nao vou mentir,achei engraçado o q aconteceu com vc!o seu relato
beijoss

Emi disse...

Pinheiro? rsrs
Pelo jeito foram lendo "Pin" e "- Ah, deve ser Pinheiro"

Fiquei até com medo de ter algo errado na minha que eu nunca tenha reparado :O

abiara disse...

Ih... Quase foi seduzido pela "funcionária bunitinha". Mas acontece assim msmo, muitos só pela "educação" das atendentes acabam deixando para lá e n buscam os seus direitos!
Gstei futuro advogado, ainda bem q seu "azedo de insatisfação" subiu à boca...

Que dia em! que crônica! hauahuahauhau

bjus
Sr. Pinheiro
rsrs

silonar disse...

É isso ai cara siga em frete, quebre as correntes, alcance o infinito.
nada aqui é impossível,nada é impossível..
É só acreditar e correr atrás e agarra-lo.



valeu irmão silonar pereira silva
meu nome significa revolução e evolução.

SILONAREVOLUCIONÁRIO possível