quarta-feira, 2 de novembro de 2005

Pane no sistema

E eu me pego pensando como nos somos autômatos ou como querem que sejamos. Coisas simples que as vezes nos passa despercebido, sem a devida reflexão.
Acho que já é clássico o sistema da biblioteca da UESB (caixas de bancos também nunca escapam) estar caído, e sempre que você vai devolver o livro, sempre no maldito e único e raro tempo que você consegue ir na biblioteca para entregar o livro, já com o medo de pegar multa gigante, o sistema ta caído, “pô, vou pegar multa mesmo?”, “mas volta em quinze minutos!”. E teria que ficar lá, parado, pelo bem do sistema, esperar ele desestressar para poder então trabalhar para fim que foi feito: agilizar nossa vida! Isso mesmo, não acredita?
Nós modificamos nossas vidas pelo sistema, nos enquadramos! Ele seria programável para melhorar as nossas vidas, mas nós que temos que nos programar para a felicidade e bom funcionamento dos sistemas.
Mas se o treco era pra descomplicar, por que complicou?

É... é isso?!

7 comentários:

Anônimo disse...

Is the bubble back in online media?
The New York Times bought About.com. Dow Jones bought MarketWatch. The Washington Post bought Slate.
Hi, I was just blog surfing and found you! If you are interested, go see my buy related site. It isnt anything special but you may still find something of interest. Come in and check it out if you get time :-.

rodrigolessa disse...

xD~] falando em sistema... todo ele funfou direitinho hj qdo precisei xD

mas enfim

xD

a gnt cria, a gnt complica. ae a gnt cria outro. ae qdo esse complicar, criaremos outro. E assim vamos simplificando tudo em ciclos... ou será q vamos complicando ciclicamente?

q se daneeee, melhor passar possiveis apertos qdo o sistema tiver out do q viver sem o sistema!
sistema SIM!

xDDDD

~
vc pode me matar agora x-)

Edgard Freitas disse...

A idéia do sistema é criar dificuldade pra vender facilidade....

Abstrato disse...

Sem mencionar quando magnetizamos nossas prisões portáteis...
Como das vezes que os cartões magnéticos deixam de ser magnetizados ou são engolidos por caixas eletrônicos tão famintos quanto antigos - sim, porque os novos não mais engolem-cospem, se restringindo apenas a sairem do ar ou não terem as notas suficientes para o valor que necessitamos.
Mas Raulzito já disse:
"A civilização se tornou complicada
Que ficou tão frágil como um computador
Que se uma criança descobrir
O calcanhar de Aquiles
Com um só palito pára o motor"


carpe nocte
*citação: "As Aventuras De Raul Seixas na Cidade de Thor".
*novo endereço! Atente-se!

Marla! disse...

Isso tem a ver com a complexa questão da coisificação do humano e humanização da coisa; há aí uma inversão de papéis entre criador e criatura... o homem submisso, no entanto, chegando ao cume do ápice do descontentamento, pode desencadear revolução. Princípio gerador, aliás, de slogans antitecnológicos/antialienantes como "desligue a tv e vá ler um livro", "desligue o pc e visite um amigo"... e a revolução dará origem a um novo sistema, inicialmente eficaz, e a posteriori tão aprisionante/alienante quanto o que lhe deu origem. Reduzindo a termos, pode ser compreendido por um modelo tese-antítese-síntese que gerará um cilo eterno. Conclusão: ou você quebra essa porra e tenta desencadear a fase revolucionária do processo ou você fica calmo e apela pra evolução. Ou não...

dudu! disse...

Então... após ler alguns txts sobre o assunto e observar em minha vida cotidiana percebi que as maquinas e as "facilidades" tecnologicas não servem para beneficiar a grande massa, os trabalhadores e sim os grandes empresários, pois terão seus trab. trabalhando por mais tempo..um exemplo sem o Celular ficaria impossivel o chefe axar seu funcionario num feriado, tendo em vista que esse funcionario não estaja em casa!POutro exemplo é o forno microondas que diminui o tempo do seu almoço e faz com q vc estja mais cedo nu seu trampo..as makinas saum isso Facilidades para poderoso e o terrr do proletariado!

tahi disse...

e vc vai estressar pro um sistema de computador? uiahiuahaui oh...isso sim eh inutil...pense q seria tbm taum dificil procurar em livros de saida imensos q dia vc pegou o livro e qndo vc deve...pq ae o cara n ia ter a calculadora neh...e os juros da multa? e outra...eh mais seguro pros livros da biblioteca...pq serah mesmo q eles iam ter tanto controle sobre o movimento dos livros tudo ali anotado de maum? eh sempre assim...n eh culpa do sistema...muito menos do de computador...eh errado pensar qtudo q da errado na sua vida eh culpa do sistema...anets do sistema ser criado...existiam erros...se nós não fossemos errados naum fariamos erros de sistema...e outar se vc vai pagar multa eh pq vc atrasou ho...uiahuiahuia ae eh irresponsabilidade sua e naum do sistema...eh akela velha mania de tudo na ultima hr oh...coisa bem de brasileiro e naum evnah dizer q n eh...eh coisa de brasileiro sim...uiahuiahiauhaui ....ou simpels Lei de Murphy!! ela existe meu caro... auihaihaui
beijo vizinho